Tiros

João Ricardo

Para meu amigo Thomas,


Muitos tiros no meu coração
Muitos tiros no meu grande herói
Muitos tiros que furam, que doem
Muitos tiros e ninguém quer saber
Os valores quem diz é a TV

Quanto vale a vida de alguém?
Quanto vale quem te faz bem?
Quanto vale a minha versão?
Quanto vale o meu coração?

Se me perguntares qual é o problema
Te indicarei as manhas do sistema
Afinal, quanto vale a minha TV?
Vale mais do que eu e você

As verdades que vemos surgir
São verdades que podem sumir
Porém, parados para assistir
Deixaremos a mão invisível agir
Pouco a pouco a nos consumir

E se perguntarmos sobre esse agir
Em nome da ordem vão nos repetir
- Vagabundos, parem de agredir
- Vagabundos, parem de agredir

Todavia, não vamos fugir
Pois o problema não está só aqui
Não deixaremos nossas armas cair
Pois o ataque já nos foi deferido
E não seremos o inimigo caído
Mas o povo a ressurgir

Pois aqueles que nos envenenam
Não sabem que a raiz do problema
Flui de um grande sistema
Que oprime
Que mata

Condena
Comentários
1 Comentários

1 comentários :

Write comentários

Imprimir ou salvar em pdf

Leia Também

Postagens mais visitadas