Nivea e Dove disputam lugar de campanha publicitária mais racista

Impressionante o quanto o racismo é tão impregnado nas grandes empresas que chega ao ponto de campanhas como as da Dove e da Nivea chegarem a ser veiculadas. A campanha da Dove aparentemente sutil coloca três modelos femininas, uma negra, uma morena e uma loira, sendo que "coincidentemente" a modelo negra está à frente de um painel que mostra uma pele mais danificada com a palavra "antes" e a loira à frente do painel após a ação do Dove Visible Care com a palavra "depois".


Já a peça da Nivea usa de um racismo tão escancarado que a própria empresa já divulgou nota pedindo desculpas anúncio "impróprio e ofensivo". A campanha mostra um modelo negro "arrumadinho" arremessando o que supostamente seria a sua cabeça antes dele ter ser "re-civilzado". A cabeça sendo arremessado tem ostenta um tremendo cabelo black power. O slogan não poderia ser mais apropriado, ou melhor, inapropriado mesmo: "Re-civilize yourself".

Pelo jeito na Europa deve existir algum prêmio para a publicidade mais racista ou coisa parecida.
 
Comentários
0 Comentários

Imprimir ou salvar em pdf

Leia Também