Bastiões da democracia? Idosa de 84 anos é agredida por policiais nos EUA

João Novaes

Agredida e humilhada, Dorli Rainey (84) afirma que seguirá lutando
 
A polícia de Seattle reprimiu duramente uma manifestação organizada por indignados do movimento “Occupy” nesta terça-feira. Uma mulher de 84 anos, uma grávida e um padre foram atacados com gás de pimenta pelas forças de segurança. A imagem e as informações são do jornal Seattle PI.




A foto de Dorli Rainey, a mulher de idade, sendo carregada por dois manifestantes e com resquícios do produto químico em seu rosto tornou-se uma das imagens-símbolo do movimento civil, que se espalha por todas as grandes cidades dos Estados Unidos e luta contra a desigualdade social no país.

“É uma imagem horrível. Eu não sou tão feia assim”, disse Dorli, ex-professora, em uma entrevista à agência Associated Press. Ela é uma ativista conhecida no círculo político da cidade, e se descreve como “uma velha senhora em botas de combate”. Ela afirmou, mesmo após o incidente, que continuará a participar dos protestos. “Sou bem durona”.

Os confrontos ocorreram à tarde, quando os manifestantes se dirigiam de um acampamento no Colégio da Comunidade Central de Seattle até o parque Westlake. A polícia os interceptou quando duas marchas de manifestantes se encontraram em uma esquina, bloqueando a passagem.

O nível de tensão aumentou e a polícia começou a disparar o gás para dispersar a multidão.Ao menos doze pessoas foram atingidas pela fumaça.

“O gás de pimenta foi disparado apenas contra indivíduos que se recusavam a obedecer a ordem para dispersar ou que tinham um comportamento ofensivo em relação aos oficiais”, afirmou o porta-voz da polícia local, Jeff Kappel. Segundo ele, seis pessoas foram presas.

Uma menor de 17 anos, que também reclamou deter levado uma rajada de gás, foi detida,segundo os policiais, porque teria erguido um pedaço de madeira ameaçando os policiais.

Os manifestantes marchavam em apoio aos ocupantes do parque Zuccotti, em Nova York, que tiveram de deixar o local pela polícia e foram proibidos de acampar no local após determinação judicial.

Na segunda-feira, a Câmara de Vereadores de Seattle aprovou, por unanimidade, uma resolução em apoio ao movimento “Occupy”, reconhecendo o direito à liberdade de expressão na primeira emenda da Constituição, além de incentivar uma série de medidas para assegurar taxações mais justas.
Enhanced by Zemanta
Comentários
0 Comentários

Imprimir ou salvar em pdf

Leia Também