CRÍTICA DO DIREITO | 5 a 18 de dezembro de 2011

Só leia se estiver seguro para abandonar o conforto de suas certezas

SUMÁRIO

EDITORIAL 
 
Nesta vigésima quinta edição, Aarão Miranda, com Os movimentos Jovens e a Ética, comenta perspicazmente as possibilidades dos “novos” movimentos sociais atuais, que se espalham por boa parte do mundo. Daniel Nagao, continuando com suas considerações críticas já reconhecidas, discorre sobre a relação entre Empresa Estatal e Desenvolvimento. Logo após, Júlio Moreira contribui com seus comentários ao modo de resenha a Fascismo e Ditadura, livro do pensador de formação jurídica Nicos Poulantzas. Por fim, Thiago Calheiros conclui sua série Debates sobre a Teoria Pura do Direito, apresentando seus comentários sobre a noção de ciência tal como posta na obra de Hans Kelsen.
 
A Revista Crítica do Direito, apoiando a leitura crítica e progressista, divulga o lançamento da primeira parte do vol. I do "Curso de Direito do Trabalho" do Prof. Jorge Luiz Souto Maior na próxima terça, 6/12, a partir das 18h, na Sala da Congregação da Faculdade de Direito da USP.
O quadro "A Persistência da Memória", de Salvador Dalí, que ilustra esta edição foi sugestão do nosso colunista Thiago Calheiros.

Boa leitura!

OS EDITORES



Aarão Miranda da Silva

O presente artigo não tem o condão de definir conceitos ou discuti-los, já que o foco é a relação entre o movimento popular jovem e a ética, inclusive analisando mecanismos viáveis e soluções para os problemas a serem enfrentados, porém a delimitação do conceito de ética é essencial como premissa para todo o texto.

Leia mais clicando aqui.

Daniel Francisco Nagao Menezes

Na edição de número 23 da Revista Crítica do Direito apontamos em nosso espaço a questão da falta de desenvolvimento do cooperativismo no Brasil por uma série de aspectos jurídicos, os quais acabam por transformar o empreendimento cooperativo em um negócio comercial, desnaturando o ideal socialista. O texto desta edição explora o que muitos entendem como a outra ponta do setor produtivo, a empresa estatal. Apresentamos ao leitor da Revista Crítica do Direito uma introdução à leitura do livro Fascismo e ditadura, de Nicos Poulantzas. O objetivo fundamental dessa obra é oferecer uma compreensão cientificamente fundamentada do que é o fascismo como forma de governo e como regime de governo.

Leia mais clicando aqui.

Júlio Moreira


Leia mais clicando aqui.

Thiago Arcanjo Calheiros de Melo
Caracterizado de forma geral, em a Teoria Pura do Direito, o objeto “Direito”, bem como o contexto geral em que está inserido, passemos a uma outra preocupação fundamental da obra: as discussões sobre a ciência e a “ciência jurídica”. Como o objeto aqui é a obra Teoria Pura do Direito, o que se pretende é expor uma crítica sobre o que Kelsen escreveu. Assim, o que se desenvolve é uma crítica à epistemologia posta na obra, não um desenvolvimento do que deveria ser a “ciência jurídica”. Sobre esta, faz-se referências só de modo indireto.

Leia mais clicando aqui.


ALYSSON MASCARO - Religião, Direito e Política na Atualidade
O jurista Alysson Leandro Mascaro, Doutor e Livre-Docente pela USP, professor de direito no Largo São Francisco e na Universidade Presbiteriana Mackenzie e membro do conselho editorial da RCD nos prestigia com um artigo exclusivo.



ARI SOLON - Atenas à Brasileira
O professor Ari Marcelo Solon, do Departamento de Filosofia e Teoria Geral do Direito da USP, escreve um artigo exclusivo para a Revista Crítica do Direito.


ANTÔNIO ALBERTO MACHADO - A advertência e o equívoco de Ruy Barbosa
Antônio Alberto Machado, Professor Livre-docente em Direito pela UNESP e coordenador do NEDA (Núcleo de Estudos de Direito Alternativo), contribui com a Revista Crítica do Direito.




ESCREVA PARA A REVISTA CRÍTICA DO DIREITO!
Dicas, críticas ou sugestões serão muito bem vindas. Escreva para nós clicando aqui.
SEJA NOSSO COLUNISTA!
Veja as normas de publicação clicando aqui.  
LEIA NOSSAS EDIÇÕES ANTERIORES!
Clique aqui.
Comentários
0 Comentários

Imprimir ou salvar em pdf

Leia Também