Entidades protestam contra desmonte da TV e da Rádio Cultura


(fonte:carta maior)
Uma manifestação será realizada nesta terça-feira (3) em defesa do caráter público da TV e da Rádio Cultura. Um manifesto denuncia o desmonte das emissoras mantidas pelo governo estado de São Paulo.

Dentre as ações de sucateamento apontadas pelo documento, podem ser destacadas as mais de mil demissões ocorridas nos últimos anos, a extinção de programas, o estrangulamento da equipe de jornalismo, a entrega de horários da grade para meios privados, além do pouco investimento no setor de cenografia, maquinaria e efeitos.


O documento, que será apresentado a todos durante a manifestação, ressalta ainda a importância da Rádio e TV Cultura na produção de programas musicais populares e eruditos, infantis, políticos, entre outros que transformaram as emissoras em um patrimônio da população paulista.

Ao final do manifesto, as entidades afirmam ser contra o desmonte geral da rádio e TV Cultura e pela retomada dos programas. Também defendem o pluralismo e a diversidade na programação e cobram uma política transparente e democrática, abrindo espaço para a programação independente.

Outra reivindicação é a democratização do Conselho Curador da Fundação Padre Anchieta, que faz a gestão das emissoras públicas. A manifestação em defesa da TV e da Rádio Cultura ocorre às 19h no Sindicato dos Engenheiros de São Paulo, que fica na Rua Genebra, nº 25, Centro de São Paulo. (pulsar)
Comentários
0 Comentários

Imprimir ou salvar em pdf

Leia Também