Polícia Civil ofertará 600 vagas em concurso público - Pará

Até o final deste mês, o governo estadual deverá lançar edital para o concurso da Polícia Civil. Serão ofertadas 600 vagas: 100 para delegados, 250 para investigadores e 250 para escrivães. A informação foi dada, ontem à tarde, pelo delegado-geral da Polícia Civil, Nilton Atayde. 'O concurso já foi homologado pela Secretaria de Estado de Administração (Sead) e está em fase de conclusão', acrescentou. Hoje, a instituição comemora, pela manhã, o Dia do Policial Civil.

Mas o ingresso de novos servidores está longe, porém, de resolver um dos principais problemas enfrentados pela instituição: o déficit de policiais. Atualmente, segundo Nilton Atayde, a Polícia Civil possui 3.307 servidores, sendo 538 delegados, 529 escrivães e 1.366 investigadores, entre outros funcionários. 'O ideal seria termos sete mil servidores, sendo seis mil policiais e mil atuando nos serviços administrativos', afirmou o delegado-geral.

O ideal, portanto, é que houvessem, por exemplo, 829 delegados, número igual de escrivães e o dobro do número de investigadores existentes no momento - ou seja, 2.732. Atayde reconheceu que a falta de policiais afeta, sim, a produtividade da Polícia Civil, cuja atribuição constitucional é a investigação dos crimes. 'Na medida em que você não tem o número suficiente de servidores, isso implica no atendimento às demandas que chegam; daí precisarmos urgentemente de contratar pessoal', afirmou.

Fonte: O Liberal
Comentários
0 Comentários

Imprimir ou salvar em pdf

Leia Também