Pesquisa: ricos se preocupam mais com bem-estar de animais do que com direitos humanos

Por Opera Mundi

Estudo consultou 4.500 pessoas em 23 países diferentes para delinear interesses sociais da elite econômica no mundo; saúde é principal preocupação

No ranking de prioridades sociais das pessoas ricas, o bem-estar dos animais aparece com mais destaque do que os direitos humanos. É o que revelou um relatório divulgado pela empresa de consultoria Capgemini a partir de uma pesquisa que entrevistou 4.500 pessoas em 23 países, procurando saber, entre outros temas, quais questões sociais despertam maior interesse entre os consultados — e em quais eles estão dispostos a investir sua riqueza.

Gráfico mostra as causas sociais em nível de importância para os ricos 

O bem-estar dos animais aparece na quinta posição, sendo imediatamente seguido por “animais selvagens e ecologia”. Mudança climática e meio ambiente; redução da pobreza e desenvolvimento internacional; arte e pessoas sem moradia são questões menos importante, que recebem também menos recursos.

A questão colocada a eles foi: "Para qual dos seguintes problemas você atualmente dedica sua riqueza, tempo ou conhecimento"?

Agência Efe
Proteção de animais selvagens estão entre as prioridades dos ricos; somente no último ano, mais de 20 mil elefantes foram mortos

Desigualdade de gênero e questões relacionadas com raça recebem o menor interesse para os controladores das finanças mundiais. No topo das prioridades dos ricos estão: saúde, educação e o bem-estar das crianças e das pessoas mais velhas.

Comentários
0 Comentários

Imprimir ou salvar em pdf

Leia Também