II Caravana em Defesa dos Povos do Rio Tapajós


Em 27 e 28 de agosto, Itaituba receberá comunidades da nascente à foz do rio Tapajós – dos rios Teles Pires e Juruena até seu encontro com o Amazonas – para discutir seu presente e seu futuro.

A bacia do Tapajós hoje convive com planos sobre hidrelétricas, portos, hidrovias e mineração, como se seus habitantes por cá não vivessem. Pescadores, barqueiros, garimpeiros, beiraderos, indígenas, agricultores, extrativistas, artistas, trabalhadores urbanos e rurais, os povos do Tapajós vocalizam suas necessidades e demandas de desenvolvimento, um que priorize a saúde, a educação, a cultura e a relação com o meio ambiente. A Caravana é um encontro para esses povos decidirem um rumo comum.



Comentários
0 Comentários

Imprimir ou salvar em pdf

Leia Também