Livro Modernidade e Sintomas Contemporâneos na Educação

Coletânea de artigos científicos aborda os desafios do educador do século XXI

livro
Modernidade e Sintomas Contemporâneos na Educação
Carina Alexandra Rondini (Org.)
ISBN: 978-85-7983-889-7
Páginas: 150
Edição: 1 (2017)
Formato: Digital (PDF) 
  
Este é o primeiro e-Book do projeto Publicações NEaD,  que lançará em 2018 outros livros científicos e didático-acadêmicos com o selo Cultura Acadêmica da Editora Unesp. 

A publicação reúne 10 artigos científicos com os resultados das pesquisas de 26 educadores e psicólogos de renomadas universidades brasileiras públicas e particulares, apontando caminhos para um processo de ensino e aprendizagem contextualizado com as mudanças tecnológicas e sociais das últimas décadas, sem prescindir da condição individual do estudante.  A organização é de Carina Alexandra Rondini, especialista em Educação Especial Inclusiva e docente da Unesp, câmpus São José do Rio Preto. 

Os textos analisam, de maneira crítica, as diferentes realidades encontradas em sala de aula, propondo ações pedagógicas que observem os princípios da humanização e inclusão, considerando a interface psicologia-educação. 

Os leitores encontrarão artigos que abordam a relação da educação com a saúde, destacando a questão das dificuldades de aprendizagem e os frequentes diagnósticos de Transtorno de Déficit de Atenção e Hiperatividade (TDAH), sugerindo novas posturas para o educador e um melhor diálogo entre as duas ciências, bem como com os estudantes.

A inclusão na escola e a educação especial são tratadas sob diferentes aspectos, como o uso da Tecnologia Assistiva e das Tecnologias Digitais de Informação e Comunicação em conjunto com abordagens pedagógicas específicas, os paradoxos encontrados no cenário escolar, o trabalho com alunos que apresentam Transtornos Funcionais Específicos (como TDAH e dislexia) e também com aqueles que possuem Altas Habilidades ou Superdotação.

A coletânea integra ainda estudos sobre a educação infantil sob o ponto de vista da psicologia histórico-cultural, a formação dos professores e o trabalho docente perante as diferentes modalidades de educação.

Sobre a obra:

Modernidade e Sintomas Contemporâneos na Educação – pretende firmar o pacto ontológico com a formação do ser social na perspectiva da emancipação humana, por intermédio da educação formal ou informal “para além da lógica do mercado” pautada na emancipação política. Os autores expõem o desafio que este modelo coloca para a atualidade, visto que sua “biografia foi fundamentada na trajetória de exclusão, uma história de minorias, e esse tem sido desde sempre o núcleo gerador das contradições vivenciadas no âmbito da escola”. Neste contexto, explicitam que a educação escolar, por um lado, sofre a influência da objetividade posta pelo sistema vigente na criação do sucesso e do insucesso escolar, em âmbito individual e, por outro lado, apresentam as possibilidades de entendê-los historicamente, o que permite uma intervenção efetiva na direção pretendida: a manutenção da educação na lógica do mercado ou a perspectiva de transformação desta lógica atual. Deste modo, este compêndio alerta para a contradição entre a proclamação nacional de uma ação educativa inclusiva e a realidade social que se mantém pela exclusão das classes desfavorecidas economicamente. Esta postura nacional, de modo subliminar, determina como responsabilidade da educação escolar, a inclusão produtiva na sociedade dos indivíduos que ela mesma exclui social e economicamente, o paradoxo da atualidade. Espero que os leitores entendam que é necessário travar uma luta individual por uma educação escolar brasileira que perspectiva colaborar efetivamente na formação humana dos seres sociais nela envolvidos, o que exige o enfretamento do sistema educacional atual. Maria Eliza Brefere Arnoni Doutora em Educação. Professora assistente na Universidade Estadual Paulista (Unesp), câmpus de São José do Rio Preto, SP.



Comentários
0 Comentários

Imprimir ou salvar em pdf

Leia Também

Postagens mais visitadas