UFOPA - Minicurso “Em bom pretuguês: o pensamento político-acadêmico de Lélia González”





A Coordenação de Cidadania e Promoção da Igualdade Étnico-Racial, vinculada à Diretoria de Ações Afirmativas da Pró-reitoria de Gestão Estudantil (Proges) da Ufopa, promove nesta quinta-feira, dia 1º de fevereiro de 2018, o minicurso “Em bom pretuguês: o pensamento político-acadêmico de Lélia González”. A atividade será realizada das 8h30 às 11h30, na sala 318 da Unidade Amazônia, Campus de Santarém. Gratuitas, as inscrições para o minicurso serão realizadas no local do evento.

Aberto ao público e à comunidade acadêmica, o minicurso será ministrado pela psicóloga Lívia Arrelias, integrante da Comissão de Relações Raciais do Conselho Regional de Psicologia (10ª região – PA/AP) e docente do curso de bacharelado em Psicologia do Instituto Esperança de Ensino Superior (Iespes). A docente possui Mestrado em Teoria e Pesquisa do Comportamento, pela Universidade Federal do Pará (UFPA).

De acordo com a organização do evento, a data escolhida para a realização do minicurso faz alusão ao nascimento de Lélia González em Belo Horizonte (MG), em 1º de fevereiro de 1935. Lélia foi uma mulher negra que denunciou, no Brasil e no mundo, o racismo e o sexismo como estruturas de subalternização das mulheres negras. Teve uma trajetória, permanente e irrestrita, na direção do conhecimento. Deixou um grande legado teórico para as organizações negras e para as universidades, ao trabalhar os conceitos de raça, classe e gênero numa perspectiva interseccional. Ela tinha 59 anos quando faleceu, em 10 de julho de 1994.

Serviço: Minicurso “Em bom pretuguês: o pensamento político-acadêmico de Lélia González”

Data: 1º de fevereiro de 2018 (quinta-feira)

Horário: 8h30 às 11h30

Local: Sala 318 da Unidade Amazônia, Campus de Santarém.

Comunicação/Ufopa, com informações da organização do evento.
Comentários
0 Comentários

Imprimir ou salvar em pdf

Leia Também

Postagens mais visitadas